Matriz de Nossa Senhora da Boa Viagem – Itabirito, Minas Gerais

A cidade de Itabirito se situa em uma importante região mineradora, na antiga rota entre Vila Rica e Curral del Rey (atual Belo Horizonte). Seu povoamento por portugueses começou por volta de 1706, quando o Capitão-Mor Francisco Homem Del Rey – senhor de Torre do Terrenho, freguesia histórica de Trancoso (Portugal) – e o comandante da Nau Nossa Senhora da Boa Viagem, Luiz de Figueiredo Monterroyo deixaram suas embarcações no litoral e vieram buscar ouro na região. Com eles, trouxeram um oratório de Nossa Senhora da Boa Viagem, que foi retirado do antigo navio.

O primeiro nome da povoação foi “Nossa Senhora da Boa Viagem de Itaubyra do Rio de Janeiro“. Posteriormente, passou a se chamar “Itabira do Campo” – denominação que guardou até o início do século XX, quando recebeu o nome Itabirito.

Desde os primeiros anos os moradores recebiam a costumeira assistência espiritual. A data da fundação da matriz, no entanto, é incerta – supõe-se que a construção tenha se iniciado entre 1710 e 1720. É de 1721 o registro mais antigo de um sacramento ali ministrado, e foi quando o negro Josef, escravo de Tomas Barbosa, recebeu o Batismo. Em 1745 a igreja passou a abrigar oficialmente uma paróquia.

A igreja possui cinco altares, sendo que o altar-mor, e os dois altares do cruzeiro são em talha dourada, com características da primeira fase do barroco mineiro. O arco-cruzeiro também é ornado de bela talha, formando um conjunto harmônico com os altares.

As torres possuem cimalhas e coruchéus em pedra, e os bulbos seguem um desenho de características eslavas, comum em igrejas barrocas da Áustria e leste europeu. Em Minas, além da matriz de Itabirito, apenas a igreja de Nossa Senhora da Conceição, em Catas Altas, possui torres semelhantes. Ademais, em uma das torres da matriz da Boa Viagem, há um relógio construído pelo então vigário Pe. Francisco Xavier de Souza (1871 a 1914), que funciona pontualmente até hoje.

Durante o século XX, a matriz sofreu algumas interferências arquitetônicas que ameaçaram descaracterizar seu interior – um altar de mármore chegou a ser instalado em frente ao altar-mor barroco. Felizmente, tomados de uma crescente consciência na preservação, a paróquia e a população local promoveram reformas que restituíram toda a sua beleza original.

 

IMG_0779

IMG_0763

IMG_0748

IMG_0751 1

IMG_0727

Acima, as colunas do altar de São Miguel possuem capitéis de ordem jônica e são ornadas de folhas de videira e de pelicanos, símbolos de Cristo.

IMG_0712

Acima, púlpito da igreja, em madeira policromada.

Abaixo, parte do coro da igreja e do teto, este último com pinturas datadas do século XIX. Notar a presença de atlantes nas bases do coro.

IMG_0716

Abaixo, o teto da capela-mor, em formato de ‘caixotões’, recebeu em época mais recente pinturas representando a oração da Ave-Maria.

IMG_0729

A cidade de Itabirito vale a visita também por outras igrejas e capelas históricas situadas em sua região central, dentre as quais se destacam as de Bom Jesus de Matozinhos e de Nossa Senhora das Mercês (abaixo).

IMG_0697

IMG_0706

________________________________

REFERÊNCIAS:

– Fiorillo, Miguel Ângelo. Fundamentos Históricos da Paróquia de Nossa Senhora da Boa Viagem.Belo Horizonte: editora O Lutador,1996

– Mourão, Paulo Kruger Correa, As igrejas setecentistas de Minas, Belo Horizonte: Itatiaia, 1986

– Site oficial da paróquia: www.paroquiadaboaviagem.com.br

– Sobre a história de Itabirito: “De terras de Trancoso  (Portugal) a Itabirito (Minas Gerais)“, por José Eduardo Domingos

 

 

 

 

 

Um comentário sobre “Matriz de Nossa Senhora da Boa Viagem – Itabirito, Minas Gerais

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s